A Conferência Nacional “2003 – 2013: Uma nova política externa”

 

A Conferência Nacional “2003 – 2013: uma nova política externa” é um evento que será realizado de 15 a 18 de julho de 2013 no Campus São Bernardo do Campo da Universidade Federal do ABC (UFABC) e é promovido pelo Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais (GR-RI)

Sendo um espaço de debate, reflexão e construção de ideias e que dá lugar a pluralidade de pensamento, a Conferência Nacional “2003 – 2013: uma nova política externa” tem como objetivo principal contribuir para a análise e formulação das relações exteriores brasileiras e também para a democratização do seu processo decisório. Para tal, a proposta da Conferência é debater a inserção internacional fortalecida do Brasil na última década e discutir os novos rumos da política externa do País, assim como os processos decisórios e a participação da sociedade civil na formulação da política externa brasileira.

Entrarão na pauta vários vínculos temáticos como a cooperação internacional para o desenvolvimento, o comércio internacional e a responsabilidade da OMC, Direitos Humanos e política externa, a integração regional e o papel do Brasil, Desenvolvimento e sustentabilidade social e ambiental, a política das empresas multinacionais brasileiras na América Latina e fora dela, a atuação do Brasil nos foros multilaterais e nas novas alianças como as comunidades BRICS e IBSA.

A fim de debater os temas acima, contaremos com as presenças ilustres dos ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Celso Amorim (ex-ministro de Relações Exteriores e ministro da Defesa), assim como com a participação de representantes de movimentos sociais e sindicais de relevância nacional e internacional e de acadêmicos renomados da área de Relações Internacionais, professores e pesquisadores das melhores universidades do Brasil e da América Latina. As atividades encerram tanto palestras, de caráter mais abrangente e realizadas em grandes auditórios, como painéis temáticos especializados, que, oferecidos em salas menores , tem como meta permitir um debate aprofundando dos temas. A fim de apresentar uma abordagem abrangente sobre política externa, todas as atividades são compostas por um especialista do governo, um da academia e outro da sociedade civil.

Logo no primeiro dia da Conferência, haverá uma palestra a respeito dos cenários e desafios da Política Externa Brasileira com o Embaixador Antonio Patriota, Ministro das Relações Exteriores. No segundo dia, serão abordados temas relativos à inserção internacional do Brasil frente aos desafios globais e as novas dinâmicas de integração.

A cooperação internacional para o desenvolvimento, as relações entre Política Externa e Defesa, as recentes coalizões internacionais, além de mesas de debate sobre o Meio Ambiente, Soberania e Direitos Humanos e relações com a sociedade civil - todas de uma perspectiva da política externa brasileira - e outras, de igual relevância na contemporaneidade, serão realizadas durante o dia 17 de julho.

Para o encerramento na quinta-feira, começaremos com uma mesa de diálogo: ‘O futuro da Política Externa Brasileira: desafios e perspectivas’ e uma palestra com a presença ilustre do ex-presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, com o título “Brasil no Mundo: mudanças e transformações”.

É uma conferência feita para pesquisadores, professores, estudantes, membros de movimentos e organizações sociais e políticas, quadros da gestão pública em RI e para todos os interessados pelas relações internacionais, política externa brasileira, política internacional e debates relativos à inserção do Brasil no cenário regional e global. Para participar, é necessário realizar inscrição através do site oficial da Conferência. Há, ainda, a possibilidade de interação através da nossa página Facebook e do nosso Twitter. Nos dias da Conferência serão realizadas exibições live stream das sessões neste site. 

Porque configura um importante espaço de debate sobre as diretrizes e o futuro da política externa brasileira, a realização desta Conferência “2003 – 2013: uma nova política externa” é considerada uma iniciativa necessária no debate sobre a democratização do processo decisório em política externa: uma oportunidade de diálogo e construção aberta a variados segmentos da sociedade civil, governo e academia.

Os apreciadores do debate sobre relações internacionais e o papel do nosso Brasil no mundo não podem perder esta oportunidade!